NOTA DE REPÚDIO – Contra artigos veiculados em mídia local que ofendem a honra dos servidores públicos

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes) manifesta absoluto e contundente REPÚDIO a artigos veiculados no jornal A Gazeta, com autoria de Gabriel Tebaldi.

O autor, graduado em História e Filosofia e pós-graduado em Sociologia, responsabiliza os servidores públicos pelas desigualdades sociais e utiliza-se de termos afrontosos, como “casta que enxerga no funcionalismo uma posição confortável de descanso em berço esplêndido”, em textos titulados “Elite dos Servidores”, I e II.

Fazemos uso aqui das palavras da doutora e mestre em Letras pela UFRJ, tradutora, intérprete, escritora e servidora pública, a professora Sandra Mara Mendes da Silva Bassani, que publicou artigo neste dia 21/08 em resposta às ofensas manifestas nas palavras do senhor Gabriel Tebaldi:

“Por fim, o que torna seu texto ofensivo para mim é quando o senhor declara: ‘existimos para sustentar uma elite de inúteis’. Não, senhor Tebaldi! O senhor está enganado! O que me sustenta é o meu trabalho, árduo, honesto e digno, prestado à comunidade, da forma mais eficiente possível”, argumentou ela.

As palavras de Gabriel Tebaldi desmoralizam e ofendem de forma grosseira aos servidores públicos, apontando para um caminho oposto ao da reflexão sobre a realidade da categoria.

O SINPOJUFES sente-se consternado, em nome de todos servidores do Poder Judiciário da União no ES, com as palavras ofensivas do autor. Ressaltamos o importante papel dos servidores públicos na construção do Estado de Direito, fazendo chegar ao cidadão brasileiro, diariamente, serviços públicos de qualidade, por meio de um trabalho digno, honrado e profissional.

Compartilhar: