Resposta ao Sinpojufes: Direção do Foro informa que criou comissão para avaliar situação do restaurante da SJES

Após questionamento oficiado pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes), a Direção do Foro da Seção Judiciária do Estado do Espírito Santo (SJES) informou que criou uma comissão para avaliar a modalidade ideal de concessão de uso da área onde funciona o restaurante daquela seção.

O fornecimento de refeições no formato self service havia sido excluído do recente processo administrativo de abertura de licitação para a contratação dos serviços a serem oferecidos naquele espaço. Entretanto, o Sinpojufes questionou à Administração quanto aos motivos que levaram à decisão. Para o pedido, o Sindicato considerou os transtornos que a ausência do restaurante self service causaria na rotina dos servidores, além da ausência de transparência no processo.

A Direção do Foro informou, via ofício, que “em análise de impugnação interposta ao Edital de Licitação em trâmite no Processo nº JFES-ADM-2017/00073, deliberou revogação da licitação e instituição de comissão para estudo sobre a modalidade mais adequada de contratação (despacho nº JFES-DES-2018/11927). Tal medida, supre o questionamento relacionado à alegada ineficácia do modelo de contratação, uma vez que competirá à Comissão indicar um modelo que atenda às necessidades dos usuários, realizando, inclusive, pesquisa junto aos usuários para definição.”

A Administração justificou ainda que a autorização para a mudança na especificação da contratação teve por base pesquisa realizada no exercício 2017, via intranet, que avaliou a satisfação dos serviços prestados.

O Sinpojufes se mantém atento à tramitação do processo e, em especial, na proteção dos interesses dos servidores os quais representa.

Veja a íntegra do ofício da SJES

Compartilhar: