27.12.2021

Sinpojufes considera inaceitável a realização do CONTEC em janeiro de 2022, às vésperas do Encontro de Técnicos no ES

Como já anunciado desde novembro, a capital do Espírito Santo sediará o Encontro Nacional dos Técnicos do Poder Judiciário da União, confirmado para os dias 04 e 05 de fevereiro de 2022. A realização desse evento foi acordada durante o Encontro Nacional de Técnicos de 2019, ocorrido em Fortaleza/CE. Nessa data já ficou definido que o evento seria realizado pelo Sinpojufes em parceria com o Sindjus-DF.
Entretanto, há poucos dias, a organização do evento foi surpreendida com o “anúncio” em redes sociais, pela Fenajufe, da realização do Coletivo Nacional da Fenajufe de Técnicos do Poder Judiciário da União e do MPU – CONTEC; previsto para acontecer “no final de janeiro de 2022”.
Levando em conta a proximidade dos dois eventos, com apenas uma semana de intervalo, o presidente do Sinpojufes, Hudson Cavalcante Leão Borges, oficiou à Fenajufe, entidade à qual o sindicato é filiado, solicitando o reagendamento do CONTEC para data posterior à do Encontro, pontuando a importância do Coletivo, e que isso seria benéfico para todos os participantes – de um ou de ambos os eventos.
“Enviamos Ofícios à Diretoria Executiva da Federação e a cada um de seus Coordenadores Gerais, bem como mantivemos, naquela ocasião, contato por telefone com esses três últimos, ressaltando quão importante é cada Coletivo Nacional de Técnicos – e ponderando que, tendo o CONTEC a finalidade de atuar no interesse das demandas do segmento, o ideal seria este acontecer posteriormente ao Encontro no ES, e preferencialmente antes do CONGREJUFE: sugerimos então que se considerasse, para a remarcação solicitada do CONTEC, o mês de março.
Sem o reagendamento, a evidente justaposição dos dois eventos prejudicará ambos, o que significaria, também, prejuízo aos Técnicos – muitos dos quais, possivelmente estarão em férias com suas famílias no período escolhido pela Fenajufe para o CONTEC”. Essa atitude da Fenajufe, que vai contra os interesses dos técnicos e dos sindicatos que os representam, é considerada inaceitável pelo Sinpojufes.
Ele disse, ainda, achar estranho que isso esteja acontecendo, pois até onde conta, seria essa a primeira vez que um evento dessa natureza, organizado pela Federação, ocorreria no mês de janeiro. Ademais, segundo ele, partindo da premissa de que pretenda atuar no melhor interesse dos Técnicos, não parece a Fenajufe ter qualquer razão a justificar suposta impossibilidade, ou mesmo dificuldade, para remarcar o CONTEC para o mês de março – o que traria benefícios a ambos os eventos de forma sinérgica, pois os resultados advindos do Encontro ajudariam a enriquecer os trabalhos do Coletivo, que assim ocorreria pouco antes do CONGREJUFE, para o qual, então, poderia o CONTEC trazer mais e melhores encaminhamentos, inclusive os advindos do próprio Encontro.
“A Fenajufe precisa rever essa data, em respeito aos potenciais participantes e também ao filiado Sinpojufes. Ou estamos em lados opostos, competindo, em detrimento dos representados?”, indagou. “Afinal, sem essa evitável quase concomitância dos dois eventos, alguns técnicos poderiam – com muito menos sacrifícios pessoais, no trabalho e junto às suas famílias –, ter a rara e positiva oportunidade de participar de ambos, na condição de Delegados e/ou observadores eleitos para representar o segmento da respectiva base, dispondo de elementos e proposições recentemente geradas em fórum advindo da conjunção de mentes e esforços do segmento. Além disso, se o reagendamento solicitado se der para o período sugerido, iria ainda ao encontro dos interesses dos Sindicatos filiados (como o SINPOJUFES), que assim teriam mais tempo para informar seus filiados, promover as Assembleias para eleição dos Delegados e (se necessárias) providenciar a aquisição de passagens e reserva de acomodações fora da “alta estação”, em que custam mais porque muitas famílias – como a dos Técnicos – estão em férias. Nesse caso, solicitamos que os demais sindicatos filiados a Fenajufe se manifestem, como fez o Sinpojufes, solicitando urgentemente a mudança na data do CONTEC para o mês de março”, enfatizou Leão.
Cronologia dos fatos
2019
Durante o Encontro Nacional de Técnicos, ocorrido em Fortaleza/CE, ficou definido que o próximo evento seria realizado no ES, em 2020, pelo Sinpojufes em parceria com o Sindjus-DF.
2020
A comissão organizadora do Encontro  Nacional dos Técnicos optou por não realizar o Encontro no mês março, devido a grave situação da pandemia, em respeito à integridade dos potenciais participantes, suspender para momento mais oportuno (seguro para os participantes).
2021
Agosto
Com o avanço da vacinação e a redução no número de casos, avaliou-se, realizar o evento entre outubro e novembro.
Outubro
Com a “segunda onda do Coronavírus”, entendeu-se que ainda não seria segura a realização do encontro em novembro. Então decidiu-se para a realização do Encontro no início de 2022 (4 e 5 de fevereiro). A notícia foi publicitada em todos os canais de comunicação disponíveis. (Veja abaixo)
Dezembro
13.12.2021
A  comissão organizadora do Encontro Nacional dos Técnicos, já com toda a logística e infra-estrutura do Encontro organizada e paga, foi surpreendida com o “anúncio” nas redes sociais, pela Fenajufe, da realização de Coletivo Nacional da Fenajufe de Técnicos do Poder Judiciário da União e do MPU – CONTEC; previsto par acontecer no final de janeiro de 2022.
16.12.2021
O presidente do Sinpojufes fez contato por telefone e enviou ofício para Fenajufe e seus dirigentes solicitando a remarcação do CONTEC. Mas apesar – e após – receber os citados ofícios, e mesmo tendo sido convidado para participar do Encontro no ES, a Federação, além de ignorar o ofício referido e não respondê-lo, convocou os sindicatos filiados para participar do CONTEC, de forma presencial, agora agendando-o para a última semana de janeiro, ou seja, uma semana antes do Encontro Nacional de Técnicos no ES.
Seguem as matérias postadas em nossas redes sociais
https://www.instagram.com/p/CWdu5yrDklu/?utm_source=ig_web_copy_link: o Encontro Nacional de Técnicos do Poder Judiciário da União no ES, que já está com toda a logística organizada e paga, foi – e continua – mantido.

Compartilhar: