Nota de repúdio – Contra os atos de vandalismo praticados na fachada dos prédios da Justiça Federal, no RJ

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes) repudia veementemente os atos de vandalismo que resultaram na pichação dos prédios do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF) e da sede do TRF-2, instância da Justiça Federal com jurisdição no estado carioca e no Espírito Santo. Os edifícios ficam localizados na Cinelândia, no Centro do Rio, e foram pichados na noite da última sexta-feira (06), após manifestação em apoio a Luiz Inácio Lula da Silva (ex-presidente).

A construção de mais de cem anos abrigou o Supremo Tribunal Federal (STF) por meio século, quando o Rio era a capital do país, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e um dos mais antigos do corredor cultural da Cinelândia.

Diversas organizações ligadas à Justiça manisfestaram indignação ao ato, entre elas a Associação dos Juízes Federais da Segunda Região (Ajuferjes), a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

O Sinpojufes se solidaria com os colegas servidores cariocas que tiveram seu local de trabalho alvo de ataques, enquanto cumprem exclusivamente o seu papel constitucional. Entendemos não ser este o caminho para nenhuma reivindicação aceitável dentro do Estado Democrático de Direito.

A Polícia Federal investiga a autoria do ato de vandalismo. Dois suspeitos foram identificados, assinaram um termo de ocorrência por infração penal de pichação e foram liberados.

 

 

Com informações do G1

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes) repudia veementemente os atos de vandalismo que resultaram na pichação dos prédios do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF) e da sede do TRF-2, instância da Justiça Federal com jurisdição no estado carioca e no Espírito Santo. Os edifícios ficam localizados na Cinelândia, no Centro do Rio, e foram pichados na noite da última sexta-feira (06), após manifestação em apoio a Luiz Inácio Lula da Silva (ex-presidente).

A construção de mais de cem anos abrigou o Supremo Tribunal Federal (STF) por meio século, quando o Rio era a capital do país, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e um dos mais antigos do corredor cultural da Cinelândia.

Diversas organizações ligadas à Justiça manisfestaram indignação ao ato, entre elas a Associação dos Juízes Federais da Segunda Região (Ajuferjes), a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

O Sinpojufes se solidaria com os colegas servidores cariocas que tiveram seu local de trabalho alvo de ataques, enquanto cumprem exclusivamente o seu papel constitucional. Entendemos não ser este o caminho para nenhuma reivindicação aceitável dentro do Estado Democrático de Direito.

A Polícia Federal investiga a autoria do ato de vandalismo. Dois suspeitos foram identificados, assinaram um termo de ocorrência por infração penal de pichação e foram liberados.

 

 

Com informações do G1

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

E fique por dentro das novidades do Sinpojufes.

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Ouvidoria

Fale Conosco

Área Restrita