Nota em repúdio ao assassinato da vereadora carioca Marielle Franco

 

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes) vem a público manifestar repúdio e profundos pêsames pelo assassinato brutal da vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) e de Anderson Gomes, seu motorista, ocorrido no bairro Estácio, região central do Rio, na noite desta quarta-feira (14).

 Marielle nasceu no Complexo da Maré (RJ), era socióloga, mestre em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e estudiosa do funcionamento das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs) das favelas cariocas. Foi a quinta vereadora mais votada nas eleições de 2016, recebeu mais de 46 mil votos, e teve atuação parlamentar destacada na defensa dos Direitos Humanos.

A morte de Marielle é uma afronta a todos os cidadãos de bem, servidores públicos e trabalhadores que lutam diariamente por um Brasil melhor, mais igualitário e justo, além de ofender os valores do Estado Democrático de Direito.

O Sinpojufes se une a um robusto grupo de instituições que têm proposto e cobrado soluções e a devida apuração e punição dos culpados pelo assassinato. Temos a certeza de que a voz da luta, brilhantemente representada por Marielle, continuará ecoando em nosso país, e que as balas que apagaram essas vidas não nos calarão.

#nãovãonoscalar #Mariellepresente #lutoporMarielle

 

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado do Espírito Santo (Sinpojufes) vem a público manifestar repúdio e profundos pêsames pelo assassinato brutal da vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) e de Anderson Gomes, seu motorista, ocorrido no bairro Estácio, região central do Rio, na noite desta quarta-feira (14).

 Marielle nasceu no Complexo da Maré (RJ), era socióloga, mestre em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e estudiosa do funcionamento das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs) das favelas cariocas. Foi a quinta vereadora mais votada nas eleições de 2016, recebeu mais de 46 mil votos, e teve atuação parlamentar destacada na defensa dos Direitos Humanos.

A morte de Marielle é uma afronta a todos os cidadãos de bem, servidores públicos e trabalhadores que lutam diariamente por um Brasil melhor, mais igualitário e justo, além de ofender os valores do Estado Democrático de Direito.

O Sinpojufes se une a um robusto grupo de instituições que têm proposto e cobrado soluções e a devida apuração e punição dos culpados pelo assassinato. Temos a certeza de que a voz da luta, brilhantemente representada por Marielle, continuará ecoando em nosso país, e que as balas que apagaram essas vidas não nos calarão.

#nãovãonoscalar #Mariellepresente #lutoporMarielle

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

E fique por dentro das novidades do Sinpojufes.

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Ouvidoria

Fale Conosco

Área Restrita