Tribunal Regional Federal da 2a Região autoriza a organização e especialização de sua segurança institucional

 

O Presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargador federal André Fontes, por meio da Resolução TRF2-RSP-2018/00051, autorizou a organização e especialização da atividade de segurança institucional na Justiça Federal de toda a 2ª Região.

A atividade de segurança institucional ficará a cargo da Unidade de Serviços Especiais – USE, vinculada à Presidência da Corte, e ao Grupo Especial de Segurança – GES, criado em 2008 e vinculado à Direção do Foro da Seção Judiciária do Espírito Santo.

Com isso, a segurança institucional da Justiça Federal, de 1ª e 2ª instâncias, terá maior capacidade organizacional, além do desenvolvimento de competências e especializações na área de proteção das autoridades, servidores e demais pessoas, bem como do patrimônio público afeto à Justiça Federal.

Segundo o diretor do Núcleo de Segurança e Transporte da SJES, Edilson Carlos Vidal, que trabalha na Justiça Federal há mais de 30 anos, “a segurança, tanto institucional, quanto pública, precisa trabalhar utilizando, primordialmente, os recursos de inteligência para prever e evitar os eventos violentos, preservando, assim, a boa imagem institucional da Justiça Federal.”

Nesse espírito de valorização da inteligência a serviço da segurança, no próximo dia 05/12, uma comissão composta por três agentes de segurança da Unidade de Serviços Especiais do TRF 2ª Região visitará o Grupo Especial de Segurança – GES da Justiça Federal do Espírito Santo, para conhecer as melhores práticas desse grupo de segurança que atua há mais de uma década na segurança institucional da Seção Judiciária do Espírito Santo.


FONTE: Intranet SJES

 

O Presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargador federal André Fontes, por meio da Resolução TRF2-RSP-2018/00051, autorizou a organização e especialização da atividade de segurança institucional na Justiça Federal de toda a 2ª Região.

A atividade de segurança institucional ficará a cargo da Unidade de Serviços Especiais - USE, vinculada à Presidência da Corte, e ao Grupo Especial de Segurança - GES, criado em 2008 e vinculado à Direção do Foro da Seção Judiciária do Espírito Santo.

Com isso, a segurança institucional da Justiça Federal, de 1ª e 2ª instâncias, terá maior capacidade organizacional, além do desenvolvimento de competências e especializações na área de proteção das autoridades, servidores e demais pessoas, bem como do patrimônio público afeto à Justiça Federal.

Segundo o diretor do Núcleo de Segurança e Transporte da SJES, Edilson Carlos Vidal, que trabalha na Justiça Federal há mais de 30 anos, "a segurança, tanto institucional, quanto pública, precisa trabalhar utilizando, primordialmente, os recursos de inteligência para prever e evitar os eventos violentos, preservando, assim, a boa imagem institucional da Justiça Federal."

Nesse espírito de valorização da inteligência a serviço da segurança, no próximo dia 05/12, uma comissão composta por três agentes de segurança da Unidade de Serviços Especiais do TRF 2ª Região visitará o Grupo Especial de Segurança - GES da Justiça Federal do Espírito Santo, para conhecer as melhores práticas desse grupo de segurança que atua há mais de uma década na segurança institucional da Seção Judiciária do Espírito Santo.


FONTE: Intranet SJES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

E fique por dentro das novidades do Sinpojufes.

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Contato

(27) 3223.8273
(27) 3322.0443
(27) 3222.1603
(27) 98152-1993 – WhatsApp
E-mail: [email protected]

© Copyright Sinpojufes. Feito com por

Ouvidoria

Fale Conosco

Área Restrita